Dica de Leitura: "Cidades de Papel" (John Green) • MAZE // MTV Brasil
LivrosPosts

Dica de Leitura: “Cidades de Papel” (John Green)

Sarah Lenievna1004 views

Tá sem grana pra sair esse fim de semana? Gastou tudo naquela balada feat. rodízio de tequilas? Decidiu ficar em casa, de boas, esperando a cobertura do red carpet (ou pink, ou black, ou green) do American Music Awards? Então, querido leitor cansado pós-feriado + enforcamento, que tal se aventurar com uma história delicinha, leve, mas ainda sim com toques de reflexão? Vos apresento: Cidades de Papel, do autor norte-americano John Green. Sim, aquele mesmo. O responsável por pelo menos 2 horas de lágrimas e desespero da vida de cada um de nós, em casa ou no cinema, com A Culpa é das Estrelas. A culpa não foi das estrelas, John. Foi sua. Te odeio.

Capa do livro "Cidades de Papel" (John Green)
Capa do livro “Cidades de Papel” (John Green)

Caso você não tenha se emocionado e esteja farto desses romances água com açúcar e queira um pouco de pimenta (ui!) na história, leia Cidades de Papel. Vamos ao enredo: Margo Roth Spiegelman é o tipo de garota cuja imprevisibilidade e beleza atraem qualquer um. Com seus grandes olhos azuis, ela é insana e adorável na mesma proporção. Quentin Jacobsen é um adolescente comum, como todos os narradores masculinos de John Green, vizinho desde a infância de Margot, e que tem sua vida virada de cabeça pra baixo depois que a mocinha resolve desaparecer da cidade! Sim, ela mete o pé, e cabe a Quentin (ou não), sair mundo a fora (mentira, ele começa pelo bairro mesmo), pra tentar encontrar a garota. À partir daí, desenrola-se uma trama pra lá de imprevisível em busca de Margot. Estará ela viva? Morta? Todo esse tempo escondida no próprio bairro? Só lendo pra saber.

Só pra avisar, o livro em questão terá sua adaptação para os cinemas lançada em julho do próximo ano, Cara Delevingne (aquela modelo linda e louca fora dos padrões) no papel de Margo e Nat Wolff (o Isaac, de A Culpa é Das Estrelas) como Quentin. Confira abaixo algumas fotos liberadas até agora pelo próprio John Green nos sets de filmagem:

E como se isso tudo já não fosse incrível, pode ser que tenha participação na trilha sonora da Taylor Swift! Com a Cara! As duas cantando juntas! Reforçando que são apenas alguns rumores, mas ainda assim ficamos na torcida para que isso seja verdade.

“Você vai para as cidades de papel. E nunca mais vai voltar.”

Sarah Lenievna
Amante de rock, cinema e futebol.