CCXP 2016: O último dia fechou o evento com chave de ouro! • MAZE // MTV Brasil
CoberturasFilmesGeekLazer e EntretenimentoPostsSéries e TV

CCXP 2016: O último dia fechou o evento com chave de ouro!

Gustavo Mata1281 views

Depois de três dias agitadíssimos de Comic Con Experience, o evento geek mais bombado da América Latina chegou no seu último dia com uma série de novidades, entrevistas e bombas pra lá de agitadas. Teve Mulher-Maravilha, overdose de DC, Desventuras em Série, 3% e até How I Met You Mother. Vem cá que a gente explica tudo direitinho.

NETFLIX cheia de bombas com Sense8, Desventuras em Série, 3% e até mesmo HIMYM

A estreia de “Desventuras em Série” tá marcada só pro dia 13 de janeiro (falta pouco!), mas a gente já não se aguenta de ansiedade e, pra piorar a situação, Neil Patrick Harris deu as caras na CCXP pra divulgar a produção. Resultado?

Neil, que vai interpretar o Conde Olaf (também conhecido como Satanás, porque né…) disse que a série é um tanto diferente da vibe do filme de 2004, que trouxe Jim Carrey no papel do vilão. Pra ele, o filme tem um lado mais cômico e a série se manteve fiel ao ar obscuro dos livros escritos por Lemony Snicket, mas com alguma surpresas boas, como easter eggs e até mesmo cenas musicas. E se a gente pegar aquela apresentação musical que Neil fez no início Oscar de 2015 como parâmetro, pelo jeito vem coisa muito boa por aí. Teve até trailer novo sendo divulgado na conferência, olha só:

E falando em feitos passados do cara, Sr. Harris comentou um pouco sobre a finalizada How I Met Your Mother, série da qual foi protagonista por quase uma década. Finalizada em 2014, o final do seriado causou um certo rebuliço na internet e não agradou todo mundo, mas o ator foi incisivo ao declara que gostou, sim, do desfecho do seriado.

“Gostei de como terminou, teve um roteiro maduro e condizente com a personalidade do Barney”

Então tá, né?!

Ainda no painel da Netflix (é A Netflix, até porque vocês sabem, ela é menina!), tivemos confirmações de segundas temporadas pra Luke Cage e a brasileira 3%, que fizeram um baita sucesso mundo afora assim que lançadas. Por sinal, a confirmação de uma nova temporada para 3% foi anunciada na hora até mesmo para o elenco, que não sabia de nada até então. Foi um momento de emoções pra todo mundo!

São Paulo, 4 de dezembro de 2016. Cobertura do evento CCXP 2016 no São Paulo EXPO. Superpainel da Netflix com diversos convidados, material nunca visto antes e estréias. FOTOS: Daniel Deak
São Paulo, 4 de dezembro de 2016. Cobertura do evento CCXP 2016 no São Paulo EXPO. Superpainel da Netflix com diversos convidados, material nunca visto antes e estréias. FOTOS: Daniel Deak

Sense8, a série sensação de 2015, deu as caras no painel também. Depois de uma cena inédita e exclusiva da segunda temporada da série – com estreia marcada para o dia 5 de maio, mas um especial de Natal será disponibilizado no próximo dia 23, – os atores Brian J. Smith, Tina Desai e Miguel Ángel Silvestre conversaram com a imprensa e a plateia, falando inclusive sobre a direção excepcional de Lana Wachowki e a experiência que foi rodar o mundo gravando a série, comentando, inclusive, sobre a gravação ocorrida na Parada Gay de São Paulo deste ano.

“A Parada Gay, que nós visitamos no início do ano, foi um dos momentos mais marcante da minha vida”, disse o ator Miguel Ángel, que interpreta o Lito em Sense8.”

King Kong x Godzilla? Talvez. Mas teve Anabelle 2, Mulher-Maravilha e mais informações da DC no painel da Warner

Com a estreia de Kong: Ilha da Caveira em março de 2017, a Warner chamou o diretor da película, Jordan Vogt-Roberts, para papear sobre a produção que traz Tom Hiddleston, Briel Larson e o lendário Samuel L. Jackson para o filme do gorila mais famoso da história. Nas declarações, Jordan deixou claro que o filme não se trata de um mero remake, mas um filme que traz a história sob outros olhares, num conflito entre o lado humano e selvagem do bicho.

Ah, ele deixou muita gente sonhando alto ao dar deixas de que um filme de King Kong e Godzilla juntos não seria tão impossível assim. Agora basta saber se foi só um embromation ou se há reais possibilidades de uma produção dessas sair do imaginário popular.

Sobre as demais produções, a Warner deu uma prévia com trailers de Anabelle 2, Rei Arthur, Liga da Justiça, Lego Batman e Mulher-Maravilha, além de um recadinho pra lá de especial de Zack Snyder e Patt Jenkins, responsáveis pelo filme da super-heroína.

E falando em Mulher-Maravilha, a mulher mais famosa dos quadrinhos completa em janeiro de 2017 seus 75 anos de criação, e obviamente ninguém ia deixar isso passar em branco. Alguns quadrinistas falaram sobre projetos futuros envolvendo a pesonagem, incluindo novas histórias, o impacto da Wonder-Woman na cultura pop e até mesmo críticas aos filmes da DC, especialmente pelo lado sombrio que a produtora andou levando as suas películas. Mas quanto a produção vindoura da Warner, os caras não pouparam elogios quanto a escolha de Gal Gadot para interpretar a moça; também pudera, né?!

Representatividade em pauta com o primeiro personagem gay de The Walking Dead

Uma das séries mais hypadas dos últimos anos, The Walking Dead ainda divide opiniões, e desde a aparição de Aaron, interpretado por Ross Marquand, a série gerou ainda mais polêmica, mas por bons motivos.

O personagem é o único abertamente gay de toda a saga, e por isso tornou-se um dos personagens cruciais na história e construção do legado do seriado, até porque – conforme contou Ross durante o bate-papo no painel – muitos fãs dos quadrinhos já disseram ter aceitado melhor sua orientação sexual depois de verem-se representados. Imagine só impacto positivo que isso causou quando o personagem foi levado a série, e é algo que Marquand se orgulha muito

“É uma honra fazer esse papel. Conheci muitos fãs que disseram que conseguiram assumir a sexualidade para os familiares, por conta da força que encontraram no Aaron. Isso é muito intenso e gratificante”

São Paulo, 04 de dezembro de 2016. Cobertura do evento CCXP 2016 no São Paulo EXPO. Ross Marquand: Walking Alive in Brazil. Auditório Cinemark. FOTOS: Daniel Deak
São Paulo, 04 de dezembro de 2016. Cobertura do evento CCXP 2016 no São Paulo EXPO. Ross Marquand: Walking Alive in Brazil. Auditório Cinemark. FOTOS: Daniel Deak

E quanto ao seriado, o cara também revelou que, quando soube da sua contratação para o seriado, correu para ler todos os quadrinhos a tempo, mas preferiu dar uma pausa porque não queria saber qual seria o fim dele (obviamente que uma hora ou outra o moço vai morrer, afinal, quem não morre nessa série?).

“Quando eu soube que entraria para o elenco, li todos os quadrinhos. Em dado momento, eu quis parar, porque me apeguei tanto ao personagem, que eu não queria saber o fim dele, antes de vivê-lo”

É claro que rolou muito mais coisa além de tudo isso, mas como eram muitas atrações, entrevistados, painéis e afins, a gente separou o que viu de mais legal pela CCXP. Se você perdeu o resumão dos outros dias, só clicar aqui e se deliciar com todas as outras notícias que renderam da conferência. De resto, agora é aguardar que todas as novidades anunciadas cheguem aos cinemas e televisão.

Agora, conta pra gente, o que você mais gostou de ver na Comic Con Experience? E o que te deixou mais ansioso?!

Gustavo Mata
Aspirante a escritor e amante da cultura pop, viciado em séries, filmes ruins e Britney Spears.