Feel old yet? 20 anos de "Backstreet's Back", icônico álbum dos Backstreet Boys! • MAZE // MTV Brasil
MúsicaPosts

Feel old yet? 20 anos de “Backstreet’s Back”, icônico álbum dos Backstreet Boys!

Victor Cavalcanti656 views

O mercado da música vem sendo construído e reformulado todo ano, e a cada ano que passa, parece que esse processo fica mais ágil. Porém, eventualmente não nos damos conta de que estilos que soam e parecem “recentes”, como a música pop, já são na verdade clássicos. Acordamos e percebemos que um dos clássicos desse estilo, “Backstreet’s Back” faz 20 fucking anos, álbum pertencente aos ícones de referência em boyband, Backstreet Boys.

“Backstreet’s Back” foi um marco na música pop, mas principalmente um marco para a boyband dos anos 90. O álbum conta com dois dos maiores hit da carreira da banda, “Everybody” e “As Long As You Love Me”.

Momento decisivo

Todo mundo sabe que o segundo álbum é o que vai dizer se o sucesso do primeiro projeto foi passageiro, se foi “one-hit wonder” ou se a banda ou artista vai ter uma carreira sólida. Foi a segunda opção que aconteceu, e com louvor.

A boyband, que foi criada em 1993 pelo bilionário Lou Pearlman, foi bem sucedida logo no primeiro single “Everybody”, faixa que se tornou marco na história da música pop, um ícone de qualquer playlits de música pop dos anos 90,  de um álbum clássico para qualquer fã de música pop. O álbum multi-platinado pelo mundo todo tem grande importância, referência e memória nostálgica na mente de muita gente.

Produção e criação 

Max Martin (esquerda) e Denniz Pop (direita)

Boa parte do projeto foi produzida pelo ate hoje conhecido Max Martin, que hoje ainda trabalha com artistas conhecidos, como Taylor Swift, Katy Perry e Justin Timberlake. Na época, o jovem produtor trabalhou também com nomes em acensão da época Britney Spears e ‘Nsync.

Há outro nome a ser lembrado em “Backstreet’s Back”, Denniz Pop. Muita gente deve ter feito cara de interrogação, mas esse era um dos produtores mais quistos no universo pop dos anos 90 e que, junto com Martin, talvez ainda estaria na ativa hoje se não fosse por um câncer de estomago que o levou a óbito em 1998, fazendo deste seu último trabalho de grande relevância.

A Britney inclusive dedicou o seu premio MTV Europe Music Awards de melhor faixa ao produtor em 1999, e em 2013 foi criado pela Cheiron Studios o The Denniz Pop Awards, prêmio para produtores com possível acensão.

Mudanças no mercado

Ouvir e principalmente ver esse projeto hoje pode parecer quase engraçado, mas ele serve perfeitamente para entendermos os modismos dos adolescentes de 1997 e perceber onde a sonoridade da música pop se modificou. Fica mais claro ainda quando você compara com as boyband de hoje ou observa o retorno dos “garotos” ao mercado fonográfico.

Não soa nada atual, claro, mas aqui ou ali você também consegue perceber as semelhanças na sonoridade e nos movimentos de dança de hoje comparados com os de 20 anos atrás.

Chega de falatório! Coloca tua calca larga, óculos escuro, chapéu, faz um carão, empurra o sofá da sala e bora ouvir esse clássico:

Victor Cavalcanti
Comunicador formado pela Universidade Metodista, narcisista desde os 15 anos, artista desde sempre. O resto tu descobre por aí.